em destaque
Lei da Transparência

Lei da Transparência

30 de junho, 17:35

CMTV

CORREIO DA MANHÃ TV

Diretor-Geral Editorial: Octávio Ribeiro

Diretor-Geral Editorial-Adjunto: Armando Esteves Pereira

Diretor-Executivo: Carlos Rodrigues

Diretores-Adjuntos: José Carlos Castro, Eduardo Dâmaso e Paulo João Santos

Diretor de Programas:Francisco Penim

Subdiretor de Produção e Grelha:Pedro Mourato

Coordenador-Geral Digital: Alfredo Leite 

Coordenador-Geral de Meios, Agenda e Planeamento: Ricardo Tavares 

Chefes de Redação: Octávio Lopes (principal), Paulo Fonte (área de revistas), Miguel Alexandre Ganhão (adj.), Paulo Oliveira Lima (adj.)
Editora de Fecho: Claúdia Machado
Redatores Principais: João Vaz e Tânia Laranjo
Editores de secção: Portugal: Henrique Machado, Manuela Guerreiro (adj.) e Magali Pinto (adj.); Sociedade: Edgar Nascimento; Política e Economia: Diana Ramos; Mundo: Ricardo Ramos; Desporto: Pedro Neves de Sousa (coordenador-geral), Mário Pereira e Pedro Carreira (adj.); Media/Cultura/Vidas: Luísa Jeremias, diretora ‘TV Guia’/‘Flash!’ (coordenadora-geral), Rute Lourenço e Sónia Dias (adj.); Leitores: Rogério Chambel
Grandes Repórteres: António Pereira e António Sérgio Azenha
Coordenadores Norte: Ágata Rodrigues (CM/CMTV), Vitor Pinto (Record) e Manuel Encarnação (Imagem)
Editor Centro e Trás-os-Montes: Luís Oliveira
Editores Algarve: João Mira Godinho e Rui Pando Gomes (adj.)
Editores Área de Revistas: Sexta: Sónia Dias (adj.); Correio Domingo: Fernanda Cachão; Correio Sport: Mário Pereira; Vidas: Rute Lourenço
Coordenador-Geral do Departamento de Imagem: Ismael de Jesus

Coordenador Geral de Realização e Imagem: Rui Costa
Coordenador de Grafismo: Vanessa Caeiro 

Sede/Redação/Publicidade: Rua Luciana Stegagno Picchio nº 3, 1050-023 Lisboa

Operador Televisivo: Nº de Inscrição na ERC 523409

PROPRIEDADE/EDITORA: Cofina Media, S.A., com sede na Rua Luciana Stegagno Picchio nº 3, 1050-023 Lisboa

CAPITAL SOCIAL: 22.523.420,40€

CRC e Contribuinte nº 502801034

ACCIONISTAS: Cofina SGPS, S.A. (100%)

DETENTORES DE 5% OU MAIS DA EMPRESA

Ana Rebelo Carvalho Menéres de Mendonça, através da sociedade

19,98%

PROMENDO - SGPS, S.A. (da qual é accionista dominante e administradora)

(detidas por sociedade e dieitos de voto igualmente imputáveis)

João Manuel Matos Borges de Oliveira, através da sociedade

15,01%

INDAZ, S.A. (da qual é administrador)

(detidas por sociedade e dieitos de voto igualmente imputáveis)

Paulo Jorge dos Santos Fernandes, através da sociedade

13,05%

Actium Capital, SGPS, (da qual accionista dominante e administrador)

(detidas por sociedade e dieitos de voto igualmente imputáveis)

Domingos José Vieira de Matos, através da sociedade

12,09%

Livrefluxo, SGPS, (da qual accionista dominante e administrador)

(detidas por sociedade e dieitos de voto igualmente imputáveis)

Pedro Miguel Matos Borges de Oliveira

7,53%

(directamente detidas e diteitos de voto igualmente imputáveis)

 

COMPOSIÇÃO ÓRGÃOS SOCIAIS

Assembleia Geral-Presidente: Carlos Fernando Carvalho Barbosa da Cruz

Assembleia Geral-Secretário: Raquel Rocha Carvalho

Conselho de Administração-Presidente: Paulo Jorge dos Santos Fernandes

Conselho de Administração-Vogal: João Manuel Matos Borges de Oliveira

Conselho de Administração-Vogal: Luís Manuel Castilho Godinho Santana

Conselho de Administração-Vogal: Alda Maria Farinha dos Santos Delgado

Fiscal Único: Ernst & Young & Associados, SROC, S.A. Representada por Rui Manuel da Cunha Vieira ou Rui Abel Serra Martins

Fiscal Único Suplente: Pedro Jorge Monteiro da Silva e Paiva

Técnico Oficial de Contas Certificado: Nº 18891

Sandra Margarida Braga dos Santos

FLUXOS FINANCEIROS 2017

Capitais Próprios

77.368.838 €

Passivo Total

31.785.835 €

Activo Total

109.154.673 €

Resultado Líquido

8.055.999 €

Resultados Operacionais

ou resultados antes de depreciações

gastos de financiamento e impostos

8.645.853 €

Passivos Contingentes com impacto

material nas decisões económicas

0 €

Rendimentos Totais

87.862.169 €

Passivos Totais

31.785.835 €

RELAÇÃO DAS ENTIDADES COM MAIS DE 10% RENDIMENTOS TOTAIS

VASP Distribuidora

55%

Vendas




ESTATUTO EDITORIAL

 

O Correio da Manhã TV é um canal de televisão que tem os seus espectadores como único universo a servir. Com respeito pelas normas deontológicas que regem a profissão nas democracias avançadas, empenho, boa-fé e humildade no reconhecimento de eventuais erros, falhas ou imperfeições no exercício constante da atividade Jornalística.

 

O Correio da Manhã TV acolhe o dever de informar. Defende o valor absoluto da notícia, como componente essencial da transparência democrática, e a necessária independência da atividade jornalística perante todas as formas de poder, sejam elas políticas, económicas, religiosas ou outras.

 

O Correio da Manhã TV defende uma sociedade livre e plural e a economia de mercado, aberta à iniciativa privada e ao génio individual, como forma de criação de riqueza mas em que os necessários mecanismos de regulação sejam independentes, eficazes e escrutinados.

 

O Correio da Manhã TV acolhe o dever de informar. Defende o valor absoluto da notícia, como componente essencial da transparência democrática, e a necessária independência da atividade jornalística perante todas as formas de poder sejam elas políticas, económicas, religiosas ou outras.

 

O Correio da Manhã TV defende uma sociedade aberta, plural e a economia de mercado, aberta à iniciativa privada e ao génio individual, como forma de criação de riqueza mas em que os necessários mecanismos de regulação sejam Independentes, eficazes e escrutinados.

 

O Correio da Manhã TV cultiva o jornalismo de investigação, para o necessário escrutínio da vida pública e como forma de controlo pelos cidadãos contra eventuais abusos de poder, autoridade ou posição dominante.

 

O Correio da Manhã TV bate-se pela efetiva separação dos poderes legislativo, executivo e judicial, como modo de equilíbrio das sociedades e melo essencial ao progresso, criação de riqueza e redistribuição do bem-estar no espaço soberano do Estado Português.

 

O Correio da Manhã TV combate e denuncia todas as formas de exclusão social. Dedica especial atenção aos direitos das crianças, mulheres, minorias e dos mais desfavorecidos.

 

O Correio da Manhã TV busca um olhar português sobre o pulsar contínuo do País e do Mundo. Escolhe o espaço global da língua portuguesa como principal foco do seu desígnio de informar.

 

O Correio da Manhã TV respeita o valor do pluralismo e não se verga a interesses particulares que procurem prevalecer sobre o interesse da comunidade.

 

O Correio da Manhã TV elege a Declaração Universal dos Direitos do Homem e a Constituição da República Portuguesa como pilares jurídicos fundamentais da sua ação jornalística.

 

veja mais nesta secção

Página de