em destaque
A lógica das forças armadas

A lógica das forças armadas

11 de novembro, 00:30

Só o Zé Covilhã é que se ia lixando por um carregador de G-3!

comentários

comentar
Faltam 350 caracteres