em destaque

Estragar o negócio

08 de dezembro, 00:30

O Ocidente sempre foi carrasco e vítima de vários povos.

Dizem que o macho ibérico (o real, não aquele que os nossos juízes apreciam) foi exterminado há 2500 anos por um grupo vindo do Leste (os yamnayas). Será verdade? Não sei. Mas, em caso afirmativo, está explicada a razão por que gosto tanto de ‘goulash’.

Pena que especialistas vários, sem ler o estudo arqueogenético, tenham contestado a tese. Usar palavras como ‘invasão’ e ‘extermínio’ pode promover xenofobismos vários nestes tempos de ‘fenómenos migratórios’.

Tradução: portugueses e espanhóis, revoltados com os crimes do canalizador polaco, ainda usam as tubagens para vingar a avó.

Além disso, como tolerar esta visão ambígua de que, na história humana, o Ocidente pode ser, ao mesmo tempo, carrasco e vítima de vários povos? Se a coisa pega, ainda chegamos à conclusão que toda a gente deve alguma coisa a toda a gente – e lá se vai o negócio milionário com a culpa do homem branco.

comentários

comentar
Faltam 350 caracteres