em destaque

Pregos e pipocas

08 de dezembro, 00:30

Não é com esta burlazeca que vão lavar a imagem na opinião pública.

Quanto a vocês não sei, mas eu já fui buscar as pipocas e já me sentei para assistir ao espetáculo. Por causa das fraudes dos deputados, os líderes das bancadas do PS e do PSD andam à batatada. Será que percebem que desceram abaixo da luta na lama?

A resposta é não. Enquanto se desenrolava a zaragata, circularam notícias de que uma deputada (que votou por um colega ausente) ter-se-á demitido dos cargos que exerce no parlamento. Farsantes! Atenção que essa senhora continua a ser deputada, ok? Continua a ocupar o cargo e a auferir o respectivo salário.

Pois é, ouve-se por aí que um assinou pelo amigo, logo demitiu-se; outro apresentou habilitações falsas, portanto demitiu-se; etc, só que todos esses deputados continuam na Assembleia da República.

De facto, alguns saíram das comissões parlamentares ou outros lugares do tipo, mas seguem sentados na cadeira principal e não foram substituídos pelo colega seguinte na lista.

Enfim, se é com mais esta burlazeca embrulhada nuns papelitos com promessas e juras de ética que pensam que vão lavar a imagem junto da opinião pública, desenganem-se.

Tão pouco será assim que conseguirão dignificar a política e a democracia. Antes pelo contrário. Este episódio é mais um prego no caixão. De prego em prego até à estocada final.

comentários

comentar
Faltam 350 caracteres