em destaque

CM TV

Diretor Octávio Ribeiro
Dir.-adj. Carlos Rodrigues, Armando Esteves Pereira, Eduardo Dâmaso, José Carlos Castro
Dir.-adj. de Programação Francisco Penim

Puigdemont exige "libertação" dos ex-membros do seu governo

Sexta-feira - 3/11/2017
Juíza ordenou prisão preventiva de ex-vice catalão e sete conselheiros.

Governo espanhol admite suspender autonomia da Catalunha

Sexta-feira - 20/10/2017
Executivo de Espanha vai contactar o PSOE e o partido Ciudadanos antes de aplicar o artigo 155.

Independência da Catalunha fica suspensa

Quarta-feira - 11/10/2017
Recuo de Carles Puigdemont, que evitou declarar a independência imediata, recebido com lágrimas e assobios.

Destino da Catalunha decide-se hoje à tarde

Terça-feira - 10/10/2017
Espanha em suspenso até à declaração do presidente da Generalitat no parlamento.

Membro do governo catalão quer declarar independência em 48 horas se "sim" ganhar

Sexta-feira - 29/9/2017
Raúl Romeva quer uma reação pronta a um referendo que o Madrid e a Justiça consideram ilegal.

Madrid está com medo

Sexta-feira - 23/11/2012
Daqui a dois dias os catalães irão votar, conscientes de que não será uma eleição igual a tantas outras. Mais do que escolherem 135 deputados, os 5,4 milhões de eleitores decidirão se dão o poder às forças políticas que prometeram perguntar- -lhes, em referendo, se desejam ver nascer o "novo estado da Europa", exigido em Setembro por mais de um milhão nas ruas de Barcelona.

O gesto é tudo

Domingo - 31/10/2010
A Microsoft comprou a Canesta. Quem? – pergunta o leitor. A Canesta faz chips que reconhecem movimentos e identificam expressões (e a quem pertencem).

"Pago eu? Não pago? Ah, bom!"

Quinta-feira - 1/4/2010
Manuela Ferreira Leite deixou a liderança do PSD na sexta-feira. Falhou a conquista do poder e obviamente foi-se embora.

Olhar para Espanha

Sabado - 29/8/2009
A 1620 Espanha tornou-se a última miragem dos que entre nós têm de olhar sempre para outro lado à procura de salvação. Por causa do TGV até já houve quem se confessasse prospectivamente favorável à integração ibérica sem que isso influenciasse o preço que Lisboa tem individualmente a pagar pela obra.

Propaganda que mata as urnas

Quarta-feira - 18/10/2006
Anteontem, um político apresentou o seu programa, de 21 pontos, e levou-o ao notário. Lá, assinou um contrato com o povo.