em destaque

Diferendo atrapalha saída de Rui Patrício

Sexta-feira - 11/5/2018
Guerra entre Bruno de Carvalho e Mendes dificulta movimentação do atleta.

PJ investiga negócios de Jorge Mendes

Segunda-feira - 31/7/2017
Transferências de jogadores efetuadas pelo superagente passadas a pente fino.

Cristiano Ronaldo disposto a pagar ao Fisco

Sexta-feira - 14/7/2017
Craque pagará os 14,7 milhões de euros ao Fisco, se a justiça espanhola assim o entender.

Mendes vende craques a chineses

Sabado - 25/4/2015

Advogado do empresário confirma "manifestações de interesse".

Jorge Mendes sob suspeita

Terça-feira - 23/9/2014
O empresário de futebol Jorge Mendes é suspeito de violar os regulamentos da FIFA. A Gestifute, a empresa controlada pelo agente português, poderá estar envolvida num esquema de angariação de fundos de investimento que detém passes de jogadores de futebol.

Guerra pela sucessão

Quinta-feira - 27/2/2014
O F.C. Porto movimenta milhões e adquiriu um estatuto simbólico único no país.

Descodificar Pinto da Costa (III)

Terça-feira - 14/8/2007
Continuemos, então, por temas, esta espécie de serviço público. Os processos estavam arquivados por magistrados, que, por não serem tão mediáticos como a actual (MJ Morgado), não serão menos competentes.

Um negócio para a CMVM

Domingo - 29/7/2007
Está a ser uma confusão danada a espectacular transferência do brasileiro Pepe do FC Porto para o Real Madrid, pelo alegado montante de 30 milhões de euros. Para começar, o negócio provocou uma espécie de terramoto – mais em Espanha do que aqui ou no Brasil – cujas réplicas ainda se repercutem por aí.

A operação-relâmpago

Sabado - 2/6/2007
O FC Porto tem mais a perder com a saída de Anderson do que o Sporting com a ‘fuga’ de Nani.

O limbo da autoridade

Sexta-feira - 30/6/2006
1.Scolari apostou num lote de jogadores que não vieram com ele do Brasil; tinham sido há muito detectados e inseridos em quadros competitivos exigentes. Nalguns casos não estavam no seu melhor à data da convocação e, por isso, agradecidos, estão dispostos a ‘morrer’ pelo seleccionador.