em destaque

Inspetora da Judiciária livra-se de homicídio

Quinta-feira - 10/1/2019
Ana Saltão volta a ser ilibada do homicídio da avó do marido, abatida com dezenas de tiros.

Mulher acusada de maltratar idosos em lar foi absolvida

Quinta-feira - 7/12/2017
Tribunal não deu como provado o tratamento cruel a utentes de lar de Lisboa.

Clínica absolvida de negligência durante operação para reduzir peito

Segunda-feira - 29/6/2015
Uma jovem de 21 anos pedia 51 mil euros num processo judicial em que acusava um médico e uma clínica de negligência durante uma operação para reduzir o peito. A paciente não gostou do resultado.

Mulher polícia absolvida de crimes contra integridade física

Quarta-feira - 25/3/2015

Uma mulher polícia foi absolvida, nesta quarta-feira, da acusação de dois crimes contra a integridade física qualificada e tortura, ocorridos numa esquadra.

Cozinheira absolvida de tráfico na cadeia

Sexta-feira - 26/12/2014
Uma cozinheira da cadeia de Custóias, em Matosinhos, foi absolvida do crime de tráfico de droga dentro da prisão. Estava acusada de colocar cigarros de haxixe numa marmita para um conhecido traficante do Porto.

Ana Saltão vai fazer trabalho burocrático

Quarta-feira - 10/9/2014
Ana Saltão está afastada das investigações da Polícia Judiciária. A inspetora que esteve acusada do homicídio da avó do próprio marido voltou ontem ao trabalho na diretoria do Norte da PJ depois de ter sido absolvida, mas vai ficar a fazer trabalho burocrático.

Inspetora da PJ absolvida de matar avó do marido

Segunda-feira - 8/9/2014

Ana Saltão, a inspetora da PJ acusada de matar a tiro a avó do marido, foi absolvida.

Condenada a 15 anos por matar marido

Terça-feira - 11/3/2014

A mulher que envenenou o marido e lançou fogo à casa onde habitavam, em Évora, foi condenada pelo Tribunal a 15 anos de prisão pelo crime de homicídio qualificado. A arguida foi absolvida do crime de incêndio

Envenena marido e é condenada a 15 anos de prisão

Terça-feira - 11/3/2014

Mulher que confessou crime em tribunal conheceu a sentença esta terça-feira.

Tia de Cascais ilibada

Segunda-feira - 8/7/2013
Maria São José, a tia de Cascais acusada de encomendar o rapto de um tio foi absolvida pelo tribunal de Cascais. O coletivo de juízes entendeu que não foi feita prova suficiente para a condenação