CMTV
Atualidade

Juiz decide tortura a noviças em Vila Nova de Famalicão

Ministério Público de Guimarães quer dividir o processo.

A carregar o vídeo ...

Liliana Rodrigues|27 de novembro de 2020 às 14:24
O Ministério Público de Guimarães quer dividir o processo de tortura às noviças enclausuradas num convento da Fraternidade Missionária do Cristo Jovem, em Requião, Famalicão.
"De acordo com os estatutos, a arquidiocese tinha poder de nomear ou destituir os órgãos de gestão. Houve várias irregularidades que têm de ser apreciadas noutro processo", disse esta quinta-feira o procurador que pediu que o padre Joaquim Milheiros e duas freiras sejam julgadas por nove crimes de escravidão.

O advogado da diocese de Braga afirmou que a instituição nunca deixou a arquidiocese ter poder.
Mais Lidas
Guia TV
  • 06:00 NOTÍCIAS CM
  • 11:57 CM JORNAL HORA DO ALMOÇO
  • 14:57 NOTÍCIAS CM
  • 17:52 MERCADO
  • 18:53 JORNAL AS 7
  • 19:45 CM JORNAL 20H
  • 21:10 INVESTIGAÇÃO CM
  • 21:57 PÉ EM RISTE
  • 00:30 RUA SEGURA
  • 01:30 NOTÍCIAS CM
  • 02:20 HORA RECORD
  • 02:30 CINEMA ERÓTICO
  • 04:47 FALAR GLOBAL
  • 05:00 RUA SEGURA