CMTV
Atualidade

Negócios de Rui Costa e filho Filipe Costa com o Benfica levantam novas dúvidas

Sócios exigem esclarecimentos.

A carregar o vídeo ...

Um grupo de sócios dos encarnados, liderado por Francisco Benítez do 'Movimento Servir o Benfica', voltou esta segunda-feira a levantar questões sobre a ligação do atual presidente dos encarnados Rui Costa e do filho, Filipe Costa, a negócios de intermediação de atletas e parcerias de empresas - detidas pelo antigo número 10 - com o clube.

Depois de, na última semana, Rui Costa e Filipe Costa terem sido acusados de intermediar negócios de atletas para o Benfica, o 'Movimento Servir o Benfica' volta a levantar várias suspeitas sobre possíveis violações dos estatutos do clube.

Na missiva dirigida ao Conselho Fiscal do Benfica, o grupo de sócios volta a reforçar que Filipe Costa, filho de Rui Costa, exerce a função de colaborador com a sociedade Ksirius Football Management há 4 anos e 7 meses, segundo o que está publicado na sua página na rede Linkedin. Este facto diverge do período de "estágio" que Rui Costa referiu nos primeiros esclarecimentos que foi obrigado a prestar ao Conselho Fiscal dos encarnados.

O grupo de sócios questiona ainda o Conselho Fiscal sobre o valor total transacionado entre a Footlab, a 10 Invest, a 10 Events ou qualquer outra sociedade da esfera de Rui Costa e o Benfica. O Conselho Fiscal terá ainda de esclarecer quais os valores envolvidos nos negócios com a sociedade Ksirius Football Management, da qual Filipe Costa é colaborador há mais de quatro anos.

Também os negócios de parceria entre a Footlab e o Benfica são visados na carta enviada pelos sócios ao Conselho Fiscal do clube. O 'Movimento Servir o Benfica' quer saber como é regulada a parceria entre o Benfica e a Footlab, empresa de Rui Costa. As ligações entre a empresa de Rui Costa e o Benfica podem indicar uma possível violação dos estatutos do clube - promovendo uma "ação disciplinar sobre o acima referido funcionário, prevista no art.44º, n.º10 dos estatutos".

Leia a missiva na íntegra
Exmos. Srs. Membros do Conselho Fiscal do Sport Lisboa e Benfica,

Os ora requerentes desde já reiteram o agradecimento pela rápida resposta de V. Exas. à última missiva enviada sobre o presente tema, datada de 08.07.2021.

Na mesma afirmaram V. Exas. "ser sua competência aferir se tais situações, nos seus contornos, e no respetivo e concreto conteúdo violam ou não a referida disposição estatutária".

No âmbito de tais competências terão V. Exas. a oportunidade de efetuar diversas diligências, que irão certamente para além do pedido de esclarecimento realizado ao vice-presidente do clube as quais aguardamos, uma vez que as questões que dirigimos a V. Exas. não foram – até à presente data – respondidas.

Não obstante, na referida missiva do passado dia 08.07.2021, partilharam V. Exas. um esclarecimento do vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica, Rui Manuel Costa, que – para além de um lamentável processo de vitimização e de intenções sobre os signatários, enquanto sócios do Sport Lisboa e Benfica que exercem os seus direitos estatutários, e que nos eximimos de comentar - permitiu desde logo esclarecer o seguinte:

A. A sociedade detentora da marca Footlab – da qual o Sr. Filipe Costa se autodenomina CEO – é detida pela sociedade 10 Events, Lda. e não pela sociedade 10 Invest SGPS, Lda, não obstante ambas terem como accionista o mencionado membro dos órgãos sociais Rui Manuel Costa, e partilharem ambas o mesmo endereço fiscal. É um esclarecimento salutar, que se agradece, mas que não esclarece, no entanto, absolutamente nada quanto à possível violação estatutária em causa.

B. O Sr. Filipe Costa, filho de Rui Manuel Costa, "nunca participou em qualquer negociação que envolvesse o Sport Lisboa e Benfica" (citação).

C. Rui Manuel Costa desconhece a existência de qualquer parceria entre o Sport Lisboa e Benfica e a "Footlab", indo mais longe ao afirmar que "nunca foi estabelecida qualquer ligação com o Sport Lisboa e Benfica".

Ora, da referida explicação, não resultaram senão mais dúvidas para os ora subscritores, partilhadas por centenas de sócios ao longo dos últimos dias, e que tiveram eco nos mais diversos meios de comunicação social, em função das seguintes evidências, as quais deverão naturalmente ser confirmadas por V. Exas, através dos meios que considerarem adequados:

1. A marca Footlab é detida pelo vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica Rui Manuel Costa, através de uma das diversas empresas da qual é acionista, segundo afirmações do próprio.

2. O Sr. Filipe Costa, seu descendente, acumula a função de CEO da Footlab com a função de colaborador da sociedade Ksirius Football Management, função que exerce há 4 anos e 7 meses (informação à data de 08.07.2021), ou há 4 anos e 4 meses (informação à data de 07.2021), informação que varia conforme a data de consulta do seu perfil público na rede social Linkedin.

Ou seja, o Sr. Filipe Costa é colaborador da sociedade Ksirius, segundo informações disponibilizadas pelo próprio, desde janeiro de 2017, o que parece ser um período manifestamente longo para um estágio que, segundo indicações do vice-presidente, teria tido a duração de um ano.

3. A sociedade Ksirius Football Management informa publicamente que agencia à presente data 10 atletas que atualmente têm contrato com o Sport Lisboa e Benfica, segundo informação que consta do seu próprio website, a saber: Madalina Tatar; Bárbara Marques; Daniela Santos; Dário Miranda; Cloé Lacasse; Lara Pintassilgo; Ana Clara Oliveira; Rita Chana; Caroline Vanslambrouck; Beatriz Cameirão.

4. O Sr. Filipe Costa participou na apresentação, no estádio do Sport Lisboa e Benfica, de diversos desses atletas, tendo partilhado o próprio nas suas redes sociais fotografias comprovativas da sua participação na referida intermediação, como é exemplo da apresentação da atleta Caroline Vanslambrouck. Na referida apresentação o Sr. Filipe Costa, congratulou-se, afirmando: "Filipe Costa | CEO Footlab | Our shining star Caroline Vanslambrouck (IBV Vestmannaeyjar), 27 years old, central back, signed for Sport Lisboa e Benfica!!! After 3 years in Iceland, the light of the north American Star will shine in Portugal! By Ksirius!! Congrats my dear!!"

5. O Sr. Filipe Costa apresenta-se nas redes sociais como "@ksiriusfootball business partner", e não como estagiário da empresa. A mesma informação já constou da página oficial da sociedade Ksirius Football Management, como será facilmente comprovável por V. Exas.

Na mesma página constava do perfil do Sr. Filipe Costa o seguinte: "total focus on youth players, marketing, investiments and event management".

6. A Footlab é um parceiro oficial do Sport Lisboa e Benfica, segundo informação que consta do site do Sport Lisboa e Benfica à presente data. A Footlab oferece 5% de desconto em cartão aos Sócios do Sport Lisboa e Benfica. Acreditamos tratar-se este desconhecimento da parceria - quer por via da sua empresa quer por via das funções exercidas no clube - de um mero lapso, e não de má-fé por parte do vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica.

Face ao supramencionado, os ora signatários, por si e em representação dos inúmeros sócios que os contactaram nesse sentido, reiteram a V. Exas. as questões que anteriormente colocaram e acrescentam as que seguem, na expectativa de um cabal esclarecimento dos factos, num período tão conturbado da história do clube, esperando vir a contribuir para a normalização do exercício de direitos democráticos por parte dos sócios do Benfica na vida regular do clube:

São do conhecimento do Conselho Fiscal as alegações ora mencionadas?

Qual o valor total transacionado até à presente data entre o Sport Lisboa e Benfica, a Footlab, a 10 Invest, a 10 Events ou qualquer outra sociedade detida pelo Presidente Rui Manuel Costa, direta ou indiretamente?

E entre o Sport Lisboa e Benfica, ou qualquer das sociedades do grupo, e a sociedade Ksirius Football Management?

Existe ou existiu algum contrato entre o Sport Lisboa e Benfica, ou qualquer das sociedades do grupo, com a Ksirius Football Management?

Quem são os beneficiários efetivos da sociedade Ksirius Football Management?

As transações dos atletas mencionados foram formalizadas com recurso à forma escrita?

Foram celebrados contratos ou realizado qualquer tipo de aditamento aos mesmos, com os referidos atletas, durante o ano de 2020 e 2021, por parte do Sport Lisboa e Benfica?

Como é regulada a parceria entre o Sport Lisboa e Benfica e a Footlab, e como é realizado o pagamento dos 5% em cartão mencionados na página do Sport Lisboa e Benfica? Existe um contrato ou qualquer outro tipo de documento com validade jurídica, na forma escrita, no Sport Lisboa e Benfica a regular a referida parceria? Quando foi celebrado e em que termos?

A confirmar-se estas informações, e os indícios supramencionados, o que irá fazer o Conselho Fiscal do Sport Lisboa e Benfica perante a gravidade das mesmas, nomeadamente no que respeita à ação disciplinar sobre o acima referido funcionário, prevista no art. 44º, nº dos estatutos do Sport Lisboa e Benfica?

Aguardamos a resposta de V. Exas. a cada uma das questões individualmente colocadas, com a maior brevidade possível.

Só com um cabal esclarecimento poderão V. Exas. exercer as suas competências estatutárias, conforme V. Exas. tão eloquentemente afirmaram, e assim respeitar o direito à informação dos sócios estatutariamente consagrado pelos Estatutos do Sport Lisboa e Benfica.

Antecipadamente grato,

Os subscritores,
Francisco Benitez, Sócio nº 3082
Tiago Godinho, Sócio nº 19385
Gonçalo Pereira, Sócio nº 58695

12 de Julho de 2021;

Mais Lidas
Guia TV
  • 06:44 FALAR GLOBAL
  • 06:57 NOTÍCIAS CM
  • 10:25 FALAR GLOBAL
  • 10:44 SOS DONOS EM APUROS
  • 10:57 JORNAL DE PORTUGAL
  • 11:35 PRATO DA CASA
  • 11:57 JORNAL DE PORTUGAL
  • 12:30 CM JORNAL HORA DO ALMOÇO
  • 14:57 NOTÍCIAS CM
  • 15:08 REPORTAGEM CM
  • 15:35 NOTÍCIAS CM
  • 16:03 REPORTAGEM CM
  • 16:57 NOTÍCIAS CM
  • 17:30 SEPARADOS PELA VIDA
  • 17:57 ESPECIAL INFORMAÇÃO
  • 18:57 JORNAL AS 7
  • 19:45 CM JORNAL 20H
  • 21:57 GOLOS
  • 00:30 RUA SEGURA
  • 01:30 NOTÍCIAS CM
  • 02:30 REPORTAGEM CM
  • 02:50 INVESTIGAÇÃO CM
  • 03:15 INVESTIGAÇÃO CM
  • 03:36 LÍNGUA MÃE
  • 03:53 PAÍS A SAQUE
  • 04:00 TELEVENDAS
  • 05:45 FALAR GLOBAL