CMTV
Atualidade

Dada como desaparecida jornalista russa que interrompeu noticiário em protesto contra a guerra na Ucrânia

Informação foi dada pelos advogados.

A carregar o vídeo ...

Correio da Manhã|15 de março de 2022 às 11:21
Marina Ovsyannikova, a jornalista que empunhou um cartaz contra a guerra na Ucrânia durante um noticiário do canal russo Piervy Kanal , foi detida e estará desaparecida há mais de 12 horas. 

A informação é avançada pelos advogados, citados pela BBC.

A jornalista e editora interrompeu o noticiário em direto com um cartaz a pedir o fim da guerra na Ucrânia e a acusar o canal estatal da Rússia de "mentir". "Parem a guerra. Não acreditem na propaganda. Eles mentem-vos aqui", referia o cartaz. 
Na sua conta na rede social Twitter, que entretanto foi desativada, foram feitas duas publicações após a detenção. Numa delas, estava escrito: "Não me arrependo do que fiz. Sejam quais forem as consequências, vou usar isto como medalha de honra". 
No outro tweet, podia ler-se: "Não sei o que me vai acontecer. O meu advogado disse-me que posso enfrentar cinco a dez anos de prisão, de acordo com o código penal. Não me arrependo. No entanto, preciso do vosso apoio."
Mais Lidas
Guia TV
  • 06:00 NOTÍCIAS CM
  • 09:08 MANHÃ CM
  • 10:53 JORNAL DE PORTUGAL
  • 12:53 CM JORNAL HORA DO ALMOÇO
  • 14:53 NOTÍCIAS CM
  • 15:08 RUA SEGURA
  • 15:53 NOTÍCIAS CM
  • 16:15 TARDE CM
  • 16:50 DIRETO CM
  • 17:18 MERCADO
  • 18:57 JORNAL AS 7
  • 19:45 CM JORNAL 20H
  • 21:30 INVESTIGAÇÃO CM
  • 21:53 LIGA D´OURO
  • 00:30 JORNAL DA MEIA-NOITE
  • 01:30 NOTÍCIAS CM
  • 02:20 HORA RECORD
  • 02:30 INVESTIGAÇÃO CM
  • 02:53 INVESTIGAÇÃO CM
  • 03:18 REPORTAGEM CM
  • 03:45 LIGA D´OURO