CMTV
Atualidade

Amostras de sangue de recuperados da Covid-19 indicam resposta imunitária de longa duração

Estudo sugere que imunidade à doença pode durar anos.

Amostras de sangue de recuperados da Covid-19 indicam resposta imunitária de longa duração
Correio da Manhã|29 de novembro de 2020 às 17:04
É a pergunta cuja resposta todos querem saber. Afinal, quanto tempo poderá durar a imunidade ao novo coronavírus?

Um novo estudo que avaliou amostras de sangue de doentes recuperados da Covid-19 indica que mesmo após oito meses da infeção, a maioria dos infetados mantém células de imunidade para prevenir uma reinfeção. Estas mesmas células poderão persistir nos nossos corpos anos ou mesmo décadas.

Segundo o jornal The New York Times, o estudo "publicado online, não foi revisto por pares nem publicado num jornal científico, mas é o estudo mais abrangente e de longa duração da memória imunológica ao coronavírus até hoje".

Numa altura em que a duração da imunidade dada pela vacina ainda é uma incógnita, estas descobertas poderão ser essenciais.

A mesma pesquisa indica ainda que sobreviventes de Síndromes respiratórias agudas, causadas por outro coronavírus, podem ainda ser portadores de células imunitárias importantes durante 17 anos.

Apenas uma pequena amostra das pessoas do estudo não tiveram uma imunidade de longa duração após recuperarem, podendo ter a ver com a quantidaade viral a que estiveram expostas.
Mais Lidas
Guia TV
  • 06:00 NOTÍCIAS CM
  • 09:08 MANHÃ CM
  • 10:57 JORNAL DE PORTUGAL
  • 12:53 CM JORNAL HORA DO ALMOÇO
  • 14:57 NOTÍCIAS CM
  • 15:08 RUA SEGURA
  • 15:57 NOTÍCIAS CM
  • 16:08 TARDE CM
  • 16:57 DIRETO CM
  • 17:43 MERCADO
  • 18:45 JORNAL AS 7
  • 19:45 CM JORNAL 20H
  • 21:30 INVESTIGAÇÃO CM
  • 21:57 PÉ EM RISTE
  • 00:30 RUA SEGURA
  • 01:30 NOTÍCIAS CM
  • 02:30 INVESTIGAÇÃO CM
  • 02:50 INVESTIGAÇÃO CM
  • 03:04 REPORTAGEM CM
  • 03:34 LÍNGUA MÃE
  • 04:00 TELEVENDAS
  • 05:45 FALAR GLOBAL