CMTV
Atualidade

Beatriz Lebre foi violentamente agredida no rosto e na cabeça. Corpo foi encontrado desfigurado

Corpo da jovem esteve 8 dias na água. Foi encontrada no rio Tejo, a 3 quilómetros do local onde o colega o largou após a matar.

Beatriz Lebre foi violentamente agredida no rosto e na cabeça. Corpo foi encontrado desfigurado
Correio da Manhã|30 de maio de 2020 às 10:45
Estava desfigurada. Fruto de agressões bárbaras na face e cabeça e do efeito de 8 dias na água.

O corpo de Beatriz Lebre foi encontrado esta sexta-feira no rio Tejo e mostrava ainda hematomas nos pulsos, indiciando marcas defensivas, e também nas pernas.

O cadáver foi arrastado pela corrente 3 km, desde o cais da Matinha, onde Rúben Couto o descartou na água há uma semana (na madrugada de sexta para sábado) após ter assassinado a colega universitária, até à zona do terminal de contentores de Santa Apolónia, onde foi avistado por um popular às 14h30 de sexta-feira. Foi retirado da água às 16h00.

Veja a notícia completa aqui
Mais Lidas
Guia TV
  • 06:00 NOTÍCIAS CM
  • 09:08 MANHÃ CM
  • 10:57 NOTÍCIAS CM
  • 11:57 CM JORNAL HORA DO ALMOÇO
  • No ar NOTÍCIAS CM
  • 17:57 MERCADO
  • 18:31 JORNAL ÀS 6
  • 18:57 JORNAL AS 7
  • 19:45 CM JORNAL 20H
  • 21:25 GOLOS
  • 23:15 LIGA D´OURO
  • 01:30 NOTÍCIAS CM
  • 02:30 CINEMA ERÓTICO
  • 04:10 LIGA D´OURO