CMTV
Atualidade

Comerciante chinês impede mulher de origem africana de entrar em loja

Mulher que foi impedida de entrar na loja é portuguesa, natural de Lisboa, com ascendência africana. Comerciante foi identificado por racismo.

Comerciante chinês impede mulher de origem africana de entrar em loja
Um comerciante de nacionalidade chinesa foi identificado pela PSP, no Entroncamento, por negar a entrada na loja a uma mulher de origem africana, alegando que "os pretos roubam".

Segundo apurou o CM, a PSP foi chamada à loja pelas 18h45 de quarta-feira e à chegada da patrulha o comerciante "corroborou a lesada" e disse que "preto não entra na loja porque rouba".

Por estar em causa um crime público, contra a identidade cultural, foi feito um auto de noticia, que seguiu para o Ministério Público do Entroncamento, para instauração de processo-crime.

A mulher que foi impedida de entrar na loja é portuguesa, natural de Lisboa, com ascendência africana.
Mais Lidas