CMTV
Atualidade

Filho volta a jantar com a mãe sete meses depois da separação devido à Covid-19

Este foi o primeiro jantar organizado entre utentes e familiares desde o início da pandemia.

Filho volta a jantar com a mãe sete meses depois da separação devido à Covid-19

A pandemia mudou paradigmas e obrigou a alterações significativas por exemplo nos lares. É o caso do lar residencial Mundo de Vidas, de Lousado, Famalicão.

Antes da Covid-19, os familiares podiam almoçar ou jantar com os utentes, como se estivessem em casa. Isso foi interrompido, mas, na quinta-feira, a D.Emília voltou a jantar com o filho. Há momentos que o dinheiro não paga. E as imagens mostram isso mesmo. O amor de mãe e filho que jantaram pela primeira vez após o início da pandemia – há sete meses. O Miguel era presença quase diária no lar para jantar com a mãe. Esta quinta-feira, teve oportunidade de voltar a fazê-lo, mas com as devidas cautelas. A D. Emília ficou do lado de dentro junto a uma porta-janela. Na varanda ficou o filho, numa mesa colocada para o efeito. Para comunicarem, usaram uns auscultadores profissionais. Durante cerca de uma hora, desfrutaram de bons momentos. Um fim de tarde que o tempo não fará esquecer.

O momento emocionante foi fotografado e publicado na rede social Facebook do lar residência Mundos de Vida. A publicação já se tornou viral, nas redes sociais. Este foi o primeiro jantar organizado entre utentes e familiares. Segundo a publicação, o encontro animou os outros residentes e também os colaboradores. Agora, já estão a trabalhar para proporcionar um encontro da D. Emília com a filha Vera, que também era presença assídua no lar. Para ela, estão a ponderar organizar um pequeno-almoço de domingo.

A instituição lembra que o período que o país está a atravessar é difícil para todos, mas principalmente para os idosos e o segredo é aproveitar todos os momentos e inventá-los de forma a todos poderem estar juntos e felizes.

Mais Lidas