CMTV
Atualidade

Gouveia e Melo afirma que não há "evidência científica para dizer que terceira dose da vacina seja necessária"

"Nesta altura, estamos a fazer um esforço para dar a última pancada neste vírus", afirmou o vice-almirante.

A carregar o vídeo ...

Correio da Manhã e Lusa|06 de agosto de 2021 às 12:48
O vice-almirante e coordenador da 'task force', Gouveia e Melo, revelou esta sexta-feira, em Évora, que não espera reforçar a população com a terceira dose da vacina da Covid-19.

"Não há evidência científica para dizer que terceira dose seja necessária", afirmou, numa altura em que vários países planeiam o reforço da vacinação.

Falando aos jornalistas no final de uma visita ao Centro de Vacinação Covid-19 de Évora, o coordenador da 'task force', o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo revelou que atualmente estão a ser administradas cerca de 90 mil vacinas por dia - "corresponde a dois estádios de futebol cheios" - sublinhou.

"Nesta altura, estamos a fazer um esforço para dar a última pancada neste vírus. O objetivo é vacinar todos os elegíveis ate setembro", revelou Gouveia e Melo.

Sobre os surtos ativos de infeção pelo SARS-CoV-2 em lares de idosos, o responsável lembrou que "a vacina não é 100% eficaz", pelo que "os surtos aparecem", mas vincou que "a consequência é complemente diferente do que era há três meses atrás".

"As pessoas que morrem com a vacinação concluída são uma percentagem ínfima e, se formos ver, apesar de estarem infetadas, não estão a morrer da infeção", mas sim "de outras complicações", devido à idade e situação de saúde.

Segundo o vice-almirante Gouveia e Melo, a proteção que a vacina oferece "é gigantesca e isso é evidente", uma vez que agora "estão a morrer 30 a 40 vezes menos" pessoas do que em janeiro deste ano.

"É o vírus que deixou de ser agressivo? Não, o vírus até é mais agressivo e propaga-se muito mais rapidamente. É fruto da vacinação", acentuou, apelando aos portugueses para que "tenham confiança" nas vacinas.

As autoridades de saúde contabilizavam, na quinta-feira, 53 surtos ativos de infeção pelo SARS-CoV-2 em lares de idosos, de acordo com números disponibilizados, nesse dia, à Lusa pela Direção-Geral da Saúde.

Mais Lidas
Guia TV
  • 06:44 FALAR GLOBAL
  • 06:57 NOTÍCIAS CM
  • 10:10 HORA DE ESTIMAÇÃO
  • 10:29 SÁBADO VIAJANTE
  • 10:44 AQUELA MAQUINA
  • 10:57 NOTÍCIAS CM
  • 11:15 LÍNGUA MÃE
  • 11:35 FALAR GLOBAL
  • 11:57 NOTÍCIAS CM
  • 12:55 CM JORNAL HORA DO ALMOÇO
  • 14:35 INVESTIGAÇÃO CM
  • 14:57 NOTÍCIAS CM
  • 15:08 INVESTIGAÇÃO CM
  • No ar NOTÍCIAS CM
  • 16:08 SEPARADOS PELA VIDA
  • 16:35 NOTÍCIAS CM
  • 16:57 NOTÍCIAS CM
  • 17:57 GOLOS
  • 19:40 DUELO FINAL
  • 19:45 CM JORNAL 20H
  • 21:57 GOLOS
  • 00:30 ESPECIAL CM
  • 01:30 NOTÍCIAS CM
  • 02:25 CINEMA ERÓTICO
  • 04:00 TELEVENDAS