CMTV
Atualidade

Jornalista que mostrou cartaz antiguerra no noticiário condenada pelo tribunal russo

Foi aplicada uma multa de 256 euros a Marina Ovsyannikova.

Jornalista que mostrou cartaz antiguerra no noticiário condenada pelo tribunal russo
Correio da Manhã|15 de março de 2022 às 17:30
Marina Ovsyannikova, uma jornalista russa que empunhou um cartaz contra a guerra na Ucrânia durante um noticiário do canal russo Piervy Kanal, foi condenada pelo tribunal russo a pagar uma multa de 256 euros (30 mil rublos) por "desrespeitar a legislação de protesto" do país. 

"Parem a guerra. Não acreditem na propaganda. Eles mentem-vos aqui", referia o cartaz mostrado pela jornalista no noticiário das 21h35, horário de Moscovo (menos três horas em Lisboa). A transmissão do estúdio foi abruptamente mudada para a de uma peça com um hospital. 
Poucos minutos depois, a agência de notícias TASS anunciou que Marina havia sido detida.

Os advogados de Marina disseram, esta terça-feira, que Marina esteve desaparecida durante 12 horas. Passado umas horas, a jornalista surgiu ao lado de um dos advogados no tribunal. 

Mais Lidas
Guia TV
  • 06:00 NOTÍCIAS CM
  • 09:08 MANHÃ CM
  • 10:53 JORNAL DE PORTUGAL
  • 12:53 CM JORNAL HORA DO ALMOÇO
  • 14:53 NOTÍCIAS CM
  • 15:08 RUA SEGURA
  • 15:53 NOTÍCIAS CM
  • 16:15 TARDE CM
  • 16:50 DIRETO CM
  • 17:18 MERCADO
  • 18:57 JORNAL AS 7
  • 19:45 CM JORNAL 20H
  • No ar INVESTIGAÇÃO CM
  • 21:53 LIGA D´OURO
  • 00:30 JORNAL DA MEIA-NOITE
  • 01:30 NOTÍCIAS CM
  • 02:20 HORA RECORD
  • 02:30 INVESTIGAÇÃO CM
  • 02:53 INVESTIGAÇÃO CM
  • 03:12 INVESTIGAÇÃO CM
  • 03:38 LIGA D´OURO