CMTV
Atualidade

Mulher grávida recebe propostas de sexo depois de o namorado divulgar vídeos íntimos na Internet

Homem usava o nome da namorada e trocava mensagens por telemóvel com homens.

Mulher grávida recebe propostas de sexo depois de o namorado divulgar vídeos íntimos na Internet

Sharon Thompson, de 40 anos, estranhou quando começou a receber em casa centenas de estranhos que pretendiam ter sexo com ela.

A mulher descobriu depois que o namorado a filmou secretamente nua e colocou de seguida as imagens em sites pornográficos.

Darren Rowe, de 49 anos, que usava o nome da namorada e trocava mensagens por telemóvel com homens há mais de um ano, colocou câmaras escondidas na casa, mesmo enquanto a mulher se encontrava grávida.

Rowe acabou por ser preso depois das autoridades terem rastreado os endereços IP dos anúncios de sites de sexo numa casa onde o homem estava a realizar trabalhos de construção.

Em entrevista à publicação Mirror, Sharon afirma que Darren é um predador sexual. "Pensei que estava num relacionamento amoroso, mas na verdade estava a viver com um pervertido. A única certeza que tenho é que Darren é um predador sexual que deveria estar atrás das grades", confessa.

Em março de 2017, quando Sharon estava grávida de oito meses, um estranho bateu à sua porta, mas rapidamente saiu assim que se apercebeu da presença do bebé.

Três semanas depois, mais de uma dúzia de homens apareceram em casa da mulher, deixando-a aterrorizada: "No espaço de 10 horas, 12 homens bateram-me à porta."

Ao 13.º homem, Thompson decidiu perguntar o porquê de lhe estarem sempre a bater à porta. "O homem disse que vinha ter sexo comigo porque eu lhe tinha dado o meu nome e a morada num site de sexo", conta. "Congelei. Não fazia ideia do que estava a falar. Liguei imediatamente para a polícia."

Nos seis meses seguintes, Sharon recebeu centenas de mensagens de estranhos na rede social Facebook, todas com a mesma finalidade. "Centenas de homens continuaram a aparecer em nossa casa", confessou.

Em novembro de 2017, as autoridades descobriram o autor dos anúncios.

Sharon relata que um dos oficiais olhou para o namorado e reconheceu-o. "Olhei para Darren e ele não disse nada. Fiquei de coração partido e caí no chão a chorar histericamente. Só queria vomitar", relatou a mulher.

O homem acabou por ser preso mas, em resposta à sentença de Rowe no tribunal de Wolverhampton, Sharon mostrou-se chocada: "Fiquei horrorizada quando descobri que ele não estava preso." 

O arguido, de Birmingham, foi condenado a dois anos de pena suspensa em outubro de 2019 por divulgar as fotografias e filmes sexuais privados.

A vítima confessou que um dia vai contar à filha a história que envolve o pai: "Um dia a minha filha vai ter de saber o que é que o próprio pai fez."

Mais Lidas
Guia TV
  • 06:00 NOTÍCIAS CM
  • 11:57 CM JORNAL HORA DO ALMOÇO
  • 14:57 NOTÍCIAS CM
  • 17:57 JORNAL AS 7
  • 19:45 CM JORNAL 20H
  • 21:10 INVESTIGAÇÃO CM
  • 21:57 ESPECIAL INFORMAÇÃO
  • 23:57 RUA SEGURA
  • 01:30 NOTÍCIAS CM
  • 02:30 CINEMA ERÓTICO
  • 03:57 NOVELA
  • 04:30 RUA SEGURA