CMTV

Investigação CM

A reconstituição do massacre de Aguiar da Beira pelos olhos do único sobrevivente

António Ferreira foi o único que escapou às mãos de Pedro Dias.

A carregar o vídeo ...

Tânia Laranjo|10 de outubro de 2019 às 21:15
No Investigação CM desta quinta-feira mostramos-lhe a reconstituição do pesadelo vivido por António Ferreira às mãos de Pedro Dias pelo ponto de vista da vítima. 

António Ferreira é o único sobrevivente do massacre de Aguiar da Beira, o crime que chocou os portugueses há três anos. Pedro Dias disparou à queima-roupa e atingiu o agente da GNR no rosto. António sobreviveu mas pode, a qualquer momento, ficar tetraplégico uma vez que tem a bala alojada na cervical. 

A CMTV levou o GNR ao local onde tudo aconteceu e reconstitui o crime pelos olhos de António.

Volvidos três anos, António Ferreira está a escrever um livro e admite que não conseguiu enfrentar o homicida que lhe destruiu a vida em tribunal. "Cantar do Galo" é o nome do livro que o GNR está a escrever, pois foi o 'cantar do galo' que naquela noite trágica lhe salvou a vida. Um milagre contado na primeira pessoa com todos os detalhes da experiência traumática pela qual o GNR passou. 

O homem mais procurado de Portugal

Durante 28 dias, Pedro Dias foi o homem mais procurado de Portugal. Matou três pessoas e feriu gravemente um cabo da GNR. As forças policiais montaram uma operação musculada de caça ao homem, mas o 'monstro de Aguiar da Beira' conseguia sempre escapar por entre os dedos das autoridades.

Quatro semanas após a fuga, Pedro Dias decidiu entregar-se.

Veja a reportagem completa aqui